• hikafigueiredo

"A Chegada", de Denis Villeneuve, 2016

Filme do dia (220/2016) - "A Chegada", de Denis Villeneuve, 2016 - Chegam, à Terra, doze naves alienígenas. A comunicação com seus ocupantes é difícil, motivo pelo qual são chamados uma linguista - Dra. Louise Banks (Amy Adams) - e um físico - Dr. Ian Donnelly (Jeremy Renner). Juntos, eles terão de descobrir o funcionamento da linguagem dos novos seres para compreenderem suas intenções.





Denis Villeneuve firma-se, cada vez mais, como um grande diretor da atualidade. Com exímio domínio da linguagem cinematográfica, realizou este excelente filme que trata, dentre outras coisas, do tempo, de escolhas, de vida, de morte e da comunicação. É destas obras que terminam e o espectador fica digerindo, por horas, ou mesmo dias, o conteúdo, sempre com a impressão que não conseguiu sorver tudo que o filme oferece e possibilita. A narrativa é milimetricamente construída para causar um impacto e os tempos usados na obra têm um significado maior, só revelado ao público tardiamente. Eu fiquei bastante tocada, mas imediatamente após a projeção eu ainda não tinha a dimensão do filme, que foi se revelando à medida em que eu pensava nele. Dificil tratar dessa obra sem dar spoiler.... Jeremy Renner está bem em seu personagem, mas quem arrasa mesmo é a Amy Adams, que mandou muuuuuito bem. É um filme bem completo, com um visual diferenciado e um belo trabalho de som (eu, que sou a maior surda para filmes, percebi isso). Vale muito a pena, curti bastante e recomendo.

1 visualização0 comentário