• hikafigueiredo

"A Mansão do Inferno", de Dario Argento, 1980

Filme do dia (193/2016) - "A Mansão do Inferno", de Dario Argento, 1980 - Rose é uma poetisa que mora em um prédio antigo em Nova Iorque. Ela lê um livro e passa a acreditar que vive em uma casa amaldiçoada, pertencente a uma das Três Mães. Assustada, Rose escreve para seu irmão Mark, na Itália, pedindo para ele ir vê-la. Mas talvez ele não chegue a tempo.





Assisti "Suspiria" e gostei demais do filme. Com alta expectativa, fui assistir "A Mansão do Inferno", do mesmo diretor. Resultado: apesar da manutenção do mesmo estilo de estética, com as luzes coloridas iluminando as cenas, o resultado foi bem aquém do filme anterior. O argumento era ótimo, o início da obra prometia, mas tive a sincera sensação de que Argento se perdeu no meio da história - vários foram os fios criados que simplesmente não chegaram a lugar algum e que terminaram abandonados. Os fãs de Argento podem me execrar, mas achei o filme fraquíssimo. Esteticamente a obra até é legal, em algumas cenas o diretor conseguiu criar um clima assustador, mas, no geral, não curti. A música também me pareceu deslocada da imagem, realmente equivocada. É, não me convenceu e não recomendo.

0 visualização0 comentário