• hikafigueiredo

"Bang Bang! Você Morreu", de Guy Ferland, 2002

Filme do dia (57/2020) - "Bang Bang! Você Morreu", de Guy Ferland, 2002 - EUA. Em uma escola de ensino médio, Trevor (Ben Foster) é um jovem problemático relegado a pária por ter ameaçado explodir a escola. Seu professor de teatro Duncan (Tom Cavanagh) tentará entender o rapaz para, assim, poder ajudá-lo.





O filme - que bem poderia ser apresentado em todas as escolas - discorre sobre um assunto importantíssimo: o bullying e seus efeitos. Nas escolas - em especial, nas norte-americanas -, professores, diretores e orientadores fecham os olhos para as inúmeras violências sofridas pelos alunos "fracos, esquisitos e diferentes" pelos alunos mais fortes e populares e só dão atenção às reações às tais violências. Trata-se, assim, os efeitos: alunos com baixa auto estima, exaustos, revoltados, sem canal para se comunicar que, subitamente, "surtam" e passam a ameaçar os colegas e professores ou, ainda, tomam medidas mais drásticas e acabam criando resultados tipo os de Columbine - atirando a esmo contra seus pares e professores. A obra mostra um pouco como surgem esses alunos "bomba-relógio" e como ninguém "ataca" o problema real, que são aqueles que promovem o bullying. Além disso, o filme trata, também, do descaso parental, do preconceito, do julgamento pela sociedade e da responsabilidade da tríade escola-família-sociedade na criação de revoltados e assassinos em potencial. O filme é muito bom e mostra um pouco a necessidade de acolhimento destes alunos problemáticos e da urgência em tratar de uma escola doente onde fazer mal ao outro é visto como diversão e com naturalidade. Nesta tema, vale, ainda, assistir aos filmes "Elefante" (2003), de Gus Van Sant, e "Tiros em Columbine" (2002), de Michael Moore, ambos sobre o massacre ocorrido numa escola em Columbine, em 1999. No elenco além do lindinho Tom Cavanagh, Ben Foster como o perturbado Trevor, ótimo no papel, Randy Harrison como outra vítima de bullying (é impressão minha ou esse rapaz é mesmo um sósia mais novo do Matt Damon???) e Jane McGregor como única amiga de Trevor. Filme bem interessante, com assunto importante e bom resultado. Recomendo.

0 visualização0 comentário