• hikafigueiredo

"Bem-vindo à Casa de Bonecas", de Todd Solondz, 1995

Filme do dia (27/2015) - "Bem-vindo à Casa de Bonecas", de Todd Solondz, 1995 - Dawn (Heather Matarazzo )é uma adolescente às voltas com problemas de relacionamento - na escola sofre bullying; em casa, rebelde, enfrenta os pais e se desentende com os irmãos. Quando seu irmão começa uma banda com o rapaz mais popular da escola, Dawn vislumbra uma saída para sua impopularidade.





Este filme é uma aula acerca de como viver em um ambiente inóspito. A personagem sofre todo o tipo de perseguição e maus tratos e, quando tem chance, reproduz a crueldade com os mais frágeis. Dawn é uma personagem complexa - ao mesmo tempo em que desperta pena pela sua fragilidade, também nos leva a ficar com raiva diante da sua passividade frente à sociedade e sua reprodução da crueldade contra os mais fracos. Invejosa, egoísta, vingativa, interesseira, Dawn encarna, por um lado, a vítima perfeita; por outro, o algoz. O filme é interessante e nos leva a divagar um pouco sobre o preconceito e as nossas atitudes frente a este preconceito, ao abuso físico e emocional, a ética (ou falta dela), despertando uma gama bem diversificada de emoções. Tecnicamente o filme é só "okay", não existindo grandes fotografia, som ou montagem, mas também não vi nenhum pecado evidente. A atriz Heather Matarazzo está muito bem como a adolescente deslocada, conivente e revoltada. Não espere um final feliz - ele simplesmente não aparecerá. Gostei bastante, apesar de passar raiva.

0 visualização0 comentário