• hikafigueiredo

"Caos Calmo", de Nanni Moretti, 2008

Filme do dia (2015) - "Caos Calmo", de Nanni Moretti, 2008 - A esposa de Pietro (Nanni Moretti) falece e ele não estava presente - ele estava na praia, salvando uma banhista que ele sequer conhecia e que estava se afogando. A partir deste dia, ele passa a esperar a filha diante da sua escola todos os dias.





Para mim, este filme fala sobre a desconstrução e reconstrução do ser e a reversibilidade/irreversibilidade das coisas. Pietro silenciosamente desmorona com a morte da companheira, mas se reconstrói e forma uma nova rotina em meio à desolação, com novos (e velhos também) agentes que se moldam ao seu redor. É um filme curioso, que possibilita algumas leituras e elucubrações interessantes. Não chega a ser leeeeento, mas observado de perto, o que acontece nele, parece, às vezes, aleatório - é preciso afastar-se e vê-lo no todo, como a uma tela. Não é uma obra prima, mas não é ruim não. Gostei, filme simpático. Nanni Moretti está bem como Pietro, passa um circunspecção dolorosa. Participação rápida do diretor Roman Polanski como o personagem Steiner.

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo