• hikafigueiredo

"Chef", de Jon Favreau, 2014

Filme do dia (215/2016) - "Chef", de Jon Favreau, 2014 - Carl (Jon Favreau) é um renomado e respeitado chef em um restaurante bacana em Los Angeles. Após uma crítica negativa, Carl acaba por se indispor com o famoso crítico de gastronomia Ramsey (Oliver Platt), o que o leva a largar seu emprego e embarcar em uma verdadeira aventura em um truck food, junto com seu braço direito Martin (John Leguizamo) e seu filho Percy (Emjay Anthony).





Eu admito: adoro filmes que tratem de gastronomia e que mostrem cenas de pratos com cara de deliciosos sendo preparados. Por conta desta predileção pelo tema, eu também tenho especial boa vontade com os filmes sobre o assunto. Mas acho que, neste caso, a boa vontade não fez diferença. O filme é realmente simpático e é quase impossível não gostar dele. Não que seja uma obra excepcional - como, dentro do tema, "A Festa de Babette" - mas é leve, flui gostoso e termina deixando o espectador com um sorriso nos lábios. O filme trata, além da gastronomia, de relações humanas, em especial da relação do personagem Carl com seu filho e, de uma maneira bem humorada, da influência das redes sociais nas nossas vidas (adorei como os "tuítes" eram apresentados na história!). Também me chamaram muito a atenção as cores do filme - é um filme muito claro, luminoso, colorido - bem como a trilha sonora com músicas cubanas - tudo na obra remete à alegria e à energia positiva. O elenco é repleto de nomes conhecidos: Dustin Hoffman, Scarlett Johansson, Robert Downey Jr. e Oliver Platt fazem papeis pequenos, o que me faz pensar que trabalharam no filme por pura camaradagem com o diretor/ator Jon Favreau. Adorei o personagem Martin, de John Leguizamo, bem como o próprio Carl, interpretado por Jon Favreau (não adianta, eu sempre lembrarei dele como o namorado rico da Monica, em Friends). Completando o elenco principal, Sofia Vergara como ex-esposa de Carl. O filme pode não ser mega original, nem inovador, ou, ainda, denso e profundo, mas é uma obra delicinha, daquelas que nos deixam alegrinhos ao final. Recomendo com carinho.

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo