• hikafigueiredo

"Clube da Lua", de Juan José Campanella, 2004

Filme do dia (121/2016) - "Clube da Lua", de Juan José Campanella, 2004 - Na década de 40, um renomado clube recreativo de Buenos Aires atraía milhares de pessoas às suas instalações. No entanto, na década de 90, o clube não possuía mais o mesmo apelo, limitando-se a 60 sócios. Com enormes dívidas, o clube não mais consegue se manter. Ramón (Ricardo Darín), sócio vitalício por ter nascido na sede do clube, junta-se a outros membros para tentar salvar o lugar de ser vendido para um grupo que quer transformá-lo num cassino.





Apesar do tema do filme ser o clube, a maior parte da obra concentra-se nos conflitos pessoais de seus membros e de como eles lidam com diversas situações de stress. O filme é simpático, até que é bem conduzido, mas não me conquistou completamente. Achei-o um pouco longo e alguns personagens ficaram completamente esquecidos no desfecho. Para variar, a ótima atuação de Ricardo Darín dá uma graça extra na história (tudo bem, tudo bem, eu sou suspeita porque o adoro, mas ele faz a diferença. Sempre.) Gostei bastante, também, das atuações de Eduardo Blanco como Amadeo e Valeria Bertuccelli como Cristina. Do diretor, prefiram os ótimos "O Segredo dos seus Olhos" e "O Filho da Noiva", também com o Darín.

0 visualização0 comentário