• hikafigueiredo

"Eu e Você", de Bernardo Bertolucci, 2012

Filme do dia (36/2016) - "Eu e Você", de Bernardo Bertolucci, 2012 - Lorenzo (Jacopo Olmo Antinori) é um adolescente de quatorze anos, introspectivo, solitário e neurótico. Quando sua classe de escola sai para uma viagem de uma semana nas montanhas, Lorenzo, escondido de sua mãe, refugia-se no porão do edifício onde mora, programando-se para uma semana solitária. No entanto, logo na primeira noite, é surpreendido no local por sua meia irmã Olivia (Tea Falco), que o avisa que também terá de ficar ali escondida.





Obra sensível e intimista, o filme trata da aproximação e amadurecimento dos dois irmãos. O filme é suave, um pouco lento, e bastante claustrofóbico, com os dois personagens dividindo o espaço exíguo, insalubre e pouco iluminado. Para aumentar o desconforto, a personagem Olívia encontra-se em processo de reabilitação, sofrendo com a forte reação de abstinência de drogas. Lorenzo, por sua vez, terá de abandonar sua reclusão auto imposta e aprender a aceitar e lidar com "o outro". O roteiro é simples, linear e não ousa reviravoltas ou estripulias. A história não apresenta um clímax. desenvolvendo-se de maneira horizontal. A interpretação de Jacopo Antinori é correta, mas não sobressai, ao contrário da linda e expressiva Tea Falco que imprime muita energia à personagem Olívia. Tecnicamente, o filme é todo certinho e o destaque fica por conta da trilha sonora gostosa que tem de The Cure a David Bowie. Não é um filme esfuziante, ele não causará alvoroços emocionais no espectador, mas é gostosinho e terno. Recomendo.

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo