• hikafigueiredo

"Horizonte Perdido", de Charles Jarrott, 1973

Filme do dia (173/2015) - "Horizonte Perdido", de Charles Jarrott, 1973 -Um grupo de pessoas é rapidamente evacuado de um país em guerra, devendo, seu avião, ir para Hong Kong. No entanto, o avião é sequestrado e acaba por cair em um local ermo, em meio a montanhas nevadas. O grupo é resgatado por nativos daquele lugar e chega a um paraíso perdido, chamado Shagri-lá.





Sabe aqueles filmes cuja a memória afetiva te impede de ter uma opinião crítica acerca deles? Essa obra é bem o caso. Refilmagem de um clássico de Frank Capra, a história, transformada aqui em um musical, tenta passar conceitos edificantes e moralmente elevados, como a busca pela paz, a cortesia entre as pessoas, o desprendimento das coisas materiais e por aí vai. A ideia é ótima, sem dúvida, mas é impossível não perceber, na história, a prevalência do povo europeu e da cultura ocidental sobre os nativos do local - o que denota o ranço conservador da obra. Independente de qualquer coisa, eu admito que adooooooro esse filme, mesmo tendo noção de que ele não é, cinematograficamente falando, grande coisa. Poxa, deem um desconto - a trilha sonora de Burt Bacharach fez parte da minha adolescência, e sei as letras quase que de trás para frente! O filme conta com a participação de atores renomados como Liv Ullmann, Peter Finch, John Guielgud e Charles Boyer, além da gracinha Olivia Hussey e de Michael York. Os números de dança...tá... também não são memoráveis... mas não consigo deixar de gostar, sério....rsrsrsrsrsrs.... Não sei se devo aconselhar.... eu adoro, mas admito que a memória afetiva fala alto demais nessa obra....

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo