• hikafigueiredo

"Kubo e As Cordas Mágicas", de Travis Knight, 2016

Filme do dia (84/2017) - "Kubo e As Cordas Mágicas", de Travis Knight, 2016 - O jovem Kubo vive em uma caverna com sua mãe. Todo dia ele vai à aldeia próxima onde entretém os aldeões com suas histórias mágicas em que personagens de origami ganham vida e travam batalhas. Mas Kubo precisa estar antes do anoitecer em sua caverna, caso contrário sofrerá terríveis consequências.





Nessa magnífica animação - que apesar do tema nipônico, não é japonesa, mas norte-americana - temos a clássica "jornada do herói" combinada com elementos da cultura japonesa (como o culto aos antepassados e o samurai como figura heroica, dentre outros) e um grande fundo de magia. Apesar da descrição dar uma ideia de excessivos elementos, todos se encaixam magnificamente bem e a história flui e arrebata profundamente o espectador. Não bastasse a história rica e bem narrada, ainda temos uma excepcional qualidade técnica de animação, aliada ao uso imoralmente bom e criativo de efeitos especiais (veja a animação até o último crédito e você se surpreenderá). No idioma original, temos as vozes de pesos-pesados da indústria cinematográfica como Charlize Theron, Matthew McConaughey, Rooney Mara, Ralph Fiennes e o mito George Takei (o inesquecível Sulu de "Jornada nas Estrelas" e ativista LGBT). Maravilhosa a versão de "While My Guitar Gently Weeps" que toca nos créditos, prestem atenção. A obra concorreu a Oscar de Melhor Animação e de Efeitos Especiais - preciso ainda ver "Zootopia", mas juro que não ponho fé que a última seja melhor que "Kubo". É uma animação fantástica e valeu cada segundo que passei na frente da tela da TV (queria ter visto no cinema... comi bola). Recomendo fortemente!!!!

0 visualização0 comentário