• hikafigueiredo

"O Céu de Suely", de Karim Aïnouz, 2006

Filme do dia (33/2017) - "O Céu de Suely", de Karim Aïnouz, 2006 - Hermila (Hermila Guedes), uma jovem de 21 anos, está de volta à sua cidade natal. Na bagagem, um filho de alguns meses, nascido em São Paulo, filho de seu companheiro, originário da mesma cidade. Hermila aguarda a chegada do companheiro - que jamais acontece. Abandonada pelo pai da criança, Hermila decide ir embora da cidade - mas para isso ela precisará de dinheiro.





Filme que retrata a realidade de milhares de mulheres, que têm de arcar sozinhas com a criação de um filho por total inconsequência dos pais das crianças, a obra envereda por soluções mais dramáticas para a questão. A narrativa é lenta e bastante seca, sem um clímax bem definido, o que não interfere na qualidade da obra. O destaque fica por conta das ótimas interpretações, não só de Hermila Guedes, mas, ainda, de Maria Menezes, como a tia de Hermila, e de João Miguel, sempre perfeito, como "peguete" da jovem. Ainda acho "Madame Satã" melhor, mas, por outro lado, achei mais interessante que "Praia do Futuro". Gostei e recomendo para quem gosta de cinema nacional.

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo