• hikafigueiredo

"O Homem que Matou o Facínora", de John Ford, 1962

Filme do dia (138/2017) - "O Homem que Matou o Facínora", de John Ford, 1962 - Ransom Stoddard (James Stewart) é um jovem advogado da cidade grande que se dirige a uma pequena cidade do Oeste em busca de "fama, fortuna e aventura". Antes mesmo de pisar na cidade, acaba por indispor-se com o mal-feitor local, Liberty Valance (Lee Marvin), o qual o surra impiedosamente. Resgatado e levado à cidade, Ramson é acolhido por Tom Doniphon (John Wayne), respeitado por todos graças às suas habilidades com a arma e sua coragem. Mas a atenção que Ramson despertará em Hallie (Vera Miles), moça por quem Tom é apaixonado, fará com que surja um conflito entre os dois homens.





Interessante western que contrapõe duas lendas do cinema norte-americano - de um lado, John Wayne e seu tradicional personagem macho-alfa, rude, destemido e com um pé na trogloditice; de outro, James Stewart, a imagem do bom moço, educado, galante, sensível e letrado. Só pelo embate já valeria a pena assistir ao filme. Mas além disso, é uma aula de cinema clássico, como tudo que John Ford fez. Confesso que não costumo gostar de westerns e muito menos da cultura que normalmente vem a reboque com eles, mas admito que algumas obras conseguem me despertar o interesse e esse filme entrou nesse rol. Curti e recomendo.

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo