• hikafigueiredo

"O Lar das Crianças Peculiares", de Tim Burton, 2016

Filme do dia (55/2017) - "O Lar das Crianças Peculiares", de Tim Burton, 2016 - Jake (Asa Butterfield) é um jovem de 16 anos tímido e deslocado no mundo. Seu grande companheiro é seu avô Abe (Terence Stamp), já muito idoso e cuja família crê senil. A morte misteriosa de Abe fará com que Jake descubra que velhas histórias narradas pelo avô não eram fantasias criadas para entretê-lo quando pequeno.





Nessa obra, Tim Burton acerta a mão e consegue realizar aquilo que sabe fazer de melhor - filmes fantásticos, meio sinistros e repletos de criaturas estranhas e pouco adaptadas à sociedade "normal". Na realidade, fazia tempo que uma obra do diretor não me conquistava e envolvia como essa. A história é divertidamente fantasiosa, sem perder o ar soturno característico do diretor. O filme retoma o clima, através de pequenas citações, de outras obras do próprio Tim Burton, como "Peixe Grande", "Alice no País das Maravilhas" e "Edward Mãos de Tesoura". Ótimas direção de arte e efeitos especiais marcam o filme. O elenco de primeira linha não decepciona - Eva Green, sempre linda, perfeita e poderosa, arrebata como Miss Peregrine; Asa Butterfield, o detentor dos olhos mais profundos e hipnóticos do cinema atual, firma-se, mais uma vez, como um promissor jovem ator (meu... como o moleque cresceu!!!! Ontem mesmo era um pirralhinho, agora deve estar com mais de 1,80, o camarada!!!!); Samuel L. Jackson é Samuel L. Jackson, dispensa salamaleques; e ainda temos umas pontinhas de Judi Dench, Rupert Everett e Allison Janney (que eu adoro desde "Beleza Americana"). Okay, é um filme bem adolescente, mas eu achei mega divertido!!!! Só desaconselho para crianças menores porque tem uns seres beeeeeem assustadores para os pequenos.

0 visualização0 comentário