• hikafigueiredo

"Os Amigos", de Lina Chamie, 2013

Filme do dia (106/2017) - "Os Amigos", de Lina Chamie, 2013 - Téo (Marco Ricca) acaba de saber da morte de seu melhor amigo de infância. Desiludido com a vida, será auxiliado pela amiga Majú (Dira Paes) a reencontrar sentido na existência.





Para mim é sempre difícil falar sobre um filme que eu não gostei, principalmente se esse filme for nacional. Mas tem algumas obras que não tem por onde elogiar, sério.... Esse aqui é um dos casos. É um filme que sai do nada para lugar algum, cheio de cenas aleatórias, sem clímax algum, uma coisa muito estranha... Começa que a diretora teve a péssima ideia de fazer uma obra com três tempos distintos - a infância de Téo, o tempo atual e o tempo de uma apresentação de uma peça infantil (????). Se você é o Tarantino e opta por um formato com três tempos diferentes, você tem grande chance de fazer uma obra prima... mas se você não é, a probabilidade de não dar certo é gigantesca... no caso, os três tempos intercalados parecem que não dão liga, não compõem, sei lá... eu fiquei com a sincera impressão de que a ideia do filme foi pensada para um curta, mas acabou virando um longa-metragem, porque tem muitos - MUITOS - tempos mortos. Acho que o grande problema da obra foi um roteiro frouxo (a.k.a. péssimo), porque não posso negar que a realização estava nos conformes (direção de arte, fotografia, trilha sonora...). Outro ponto que foi só sofrência foram os diálogos - muito ruins, muito falsos, nem gente como a Dira Paes e a Sandra Corveloni - atrizes fantásticas - deram jeito naquele texto absolutamente "fake". Falando nas interpretações, mesmo o time de bons atores não conseguiu salvar o roteiro mambembe. É... esse filme não me desceu e não recomendo para ninguém...

0 visualização0 comentário