• hikafigueiredo

"Pacto de Sangue", de Billy Wilder, 1944

Filme do dia (108/2016) - "Pacto de Sangue", de Billy Wilder, 1944 - Walter Neff (Fred MacMurray) é um corretor de seguros que, ao fazer uma visita a um segurado, conhece sua esposa Phyllis (Barbara Stanwyck) e imediatamente interessa-se por ela. Juntos, tramarão um plano para livrar-se do rico e indesejado marido.





Autêntico exemplar de filme noir, a obra possui todos os elementos que caracterizam o subgênero - personagens cínicos, presença de uma "femme fatale", universo niilista, desesperança, fotografia P&B marcada e recortada, tudo dentro do gênero do suspense. A história, acompanhada de narrativa em "off", é uma boa trama, dirigida magistralmente por Billy Wylder. Concorreu a sete Oscar, incluindo melhor filme, diretor e atriz. Barbara Stanwyck está perfeita como a manipuladora e hipócrita Phyllis. Já Fred MacMurray cumpre bem seu papel sem grande alarde. Edward G. Robinson merece menção por seu papel como Keyes, um investigador da companhia de seguros e amigo de Walter. A obra é uma ótima pedida para quem quer adentrar ao universo dos filmes noir. Recomendado.

0 visualização0 comentário