• hikafigueiredo

"Raça das Trevas", de Clive Barker, 1990

Filme do dia (39/2018) - "Raça das Trevas", de Clive Barker, 1990 - Aaron Boone (Craig Sheffer) é um jovem atormentado por terríveis pesadelos, motivo pelo qual procura um terapeuta, Dr. Decker (David Cronenberg). O que Boone não sabe é que seus pesadelos conectam-no com uma raça ancestral que sobrevive escondida em um local chamado Midian.





Imagine uma obra que mistura um serial killer, um deus pagão, monstros, mais monstros e uma história de amor - impossível dar certo, não é mesmo? Errado!!! Essa obra existe, é esta aqui e - acredite se quiser - é muito bacana!!!! O filme está muito mais para a fantasia do que para o terror, apesar de algumas cenas "gore". Não obstante a miscelânea, os assuntos se harmonizam e fazem sentido no todo da obra. Algumas "sacadas" do filme são excelentes - em especial a de que os verdadeiros "monstros", que a tudo destroem e que são sanguinários até os ossos, são os humanos. Sim... acredite... você vai torcer pelos seres das trevas e querer que os humanos sejam dizimados, rs... Como bom filme com o pé no "gore", temos alguns efeitos especiais e maquiagens bem toscos, mas, outros, até que são bem legais (temos até mesmo cenas feitas em "stop motion", que eu adooooro!!!) - se fosse feito com a tecnologia atual, o filme seria levado bem mais a sério. Lógico que não se pode esperar muito do elenco - esses filmes fantásticos parece que sempre atraem uns intérpretes meio "marromenos" e aqui não é muito diferente, então não se prenda à canastrice de Craig Sheffer. Por outro lado, é bem interessante a participação do diretor de cinema David Cronenberg como Dr. Decker - aliás, o filme combina bem com o estilão do diretor na época, casou super bem. O filme vai agradar quem gosta de cinema fantástico e terror. Eu curti.

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo