• hikafigueiredo

"Será que Ele é?", de Frank Oz, 1997

Filme do dia (25/2018) - "Será que Ele é?", de Frank Oz, 1997 - Howard Brackett (Kevin Kline) é um conceituado professor de literatura em uma pequena cidadezinha do interior de Indiana, nos Estados Unidos. Três dias antes de seu casamento com Emilly (Joan Cusack), sua vida é abalada por um ex-aluno que lhe dedica o Oscar que acabara de ganhar afirmando, em cadeia mundial, que o professor é gay.





Essa simpática comédia discorre sobre um assunto nada divertido - o preconceito. Apesar de focar, majoritariamente, na homofobia, a obra ainda toca, de leve, na gordofobia. Ainda que a temática seja pesada, o filme trata tudo com leveza e com um humor que talvez, nos dias de hoje, não soe lá muito politicamente correto. O doloroso processo de "sair do armário" aqui toma ares tragicômicos. Independente de qualquer coisa, o desfecho é quase catártico, delicioso. O filme já valeria a pena pela antológica cena em que o Howard não consegue se controlar e dança ao som de "I Will Survive"!!! Kevin Kline leva bem o personagem sem cair em estereótipos grosseiros. O personagem de Tom Selleck é responsável pela segunda cena antológica do filme (sem spoilers!!!). A eterna Debbie Reynolds participa da obra como mãe de Howard. O filme é delicinha e mostra como o preconceito é algo desprezível e sem qualquer base de argumento possível. Recomendo para abrir cabecinhas e corações fechados.

0 visualização0 comentário