• hikafigueiredo

"Tango Livre", de Frédéric Fonteyne, 2012

Filme do dia (175/2018) - "Tango Livre", de Frédéric Fonteyne, 2012 - Jean-Christophe (François Damiens) é um agente penitenciário solitário e que segue, rigidamente, as leis. Semanalmente, Jean-Christophe frequenta aulas de tango, local onde conhece Alice (Anne Paulicevich). Certo dia, durante a visita aos presos, Jean-Christophe depara-se com Alice e percebe que ela visita dois presos diferentes - Fernand (Sergi López) e Dominic (Jan Hammenecker). Intrigado com a relação estabelecida entre Alice e os dois detentos, Jean-Christophe acaba desenvolvendo uma verdadeira obsessão pela estranha mulher.





Filme gostosinho, a obra acompanha os personagens - em especial Jean-Christophe - revelando, pouco a pouco, a essência da relação de Alice com Fernand e Dominic, ao mesmo tempo em que laços de afeto se desenvolvem entre Jean-Christophe e a mulher. Como no tango do nome do filme, estabelece-se uma disputa entre a dupla Fernand e Dominic e Jean-Christophe pela atenção de Alice, cujo desfecho é surpreendente e extremamente divertido. Esperava mais cenas de dança, mas a ausência não estragou a obra. A trilha sonora me chamou a atenção, coisa bastante rara, motivo pelo qual posso afirmar que as músicas foram otimamente escolhidas. O roteiro bem desenvolvido, original e divertido também se destaca. O elenco encontra-se absolutamente afinado, a ponto de não saber dizer quem esteve melhor em seu papel. A obra é leve e flui tão bem quanto uma boa apresentação de tango. Boa pedida.

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo