• hikafigueiredo

"Testemunha de Acusação", de Billy Wilder, 1957

Filme do dia (154/2016) - "Testemunha de Acusação", de Billy Wilder, 1957 - Leonard Vole (Tyrone Power) está sendo acusado pelo assassinato de uma rica viúva que lhe deixou toda a herança. Sua única testemunha é a sua esposa Christine (Marlene Dietrich), que alega que ninguém acreditará nela por ser uma esposa apaixonada. Sir Wilfrid Robarts (Charles Laughton), seu advogado, fará de tudo para provar sua inocência.





Drama de tribunal, baseado em uma peça de Agatha Christie, o filme é cheio de surpresas e reviravoltas, nada parecendo o que verdadeiramente é. A obra é toda redondinha, coroada pela sempre primorosa direção de Billy Wilder. Mas o que deve ser realmente destacado no filme são as interpretações competentes de Marlene Dietrich e Elsa Lanchester, esta última interpretando a enfermeira do advogado, e a atuação fantástica de Charles Laughton - o ator era um monstro, fenomenal em todas as suas atuações. A obra é envolvente, apesar de passa quase o tempo todo no ambiente do tribunal, o que poderia ser cansativo - o que não é. Gostei bastante e recomendo para qualquer público.

0 visualização0 comentário