• hikafigueiredo

"Vá e Veja" , de Elem Klimov, 1985

Filme do dia (2015) - "Vá e Veja" , de Elem Klimov, 1985 - Florya ( Aleksei Kravchenko ) é um jovem bielo-russo que, inocentemente, se anima com a aproximação da guerra quando da invasão da Bielo-Rússia pelos alemães, durante a Segunda Guerra. Ele prontamente arranja uma arma e se apresenta como voluntário para ir para a frente de batalha. Ocorre que a guerra não é romântica como Florya imaginava. Ela não é divertida, nem emocionante. E Florya vai descobrir rapidamente isso.





O filme russo expõe, como poucos outros fizeram, a irracionalidade da guerra e como o ser humano pode ser insano, cruel e covarde. O filme pouco trata do campo de batalha, atendo-se muito mais às vilas e pessoas que estão no caminho da destruição. É um filme lento, mas bastante sensorial. A atuação do ator que faz Florya é excepcional - sua expressão de horror e de estupefação diante do que presencia traduz o absurdo da guerra. O filme - como boa parte das produções russas - explora insistentemente os planos fechados nos rostos dos personagens, os quais olham diretamente para a câmera como se estivessem perscrutando o espectador. O espectador, assim, olha para os personagens como que num espelho, trazendo para mais perto aquela experiência. A sonoridade do filme é propositalmente incômoda - durante boa parte da obra, um ruído de motor, bem grave, como um avião, se mantém constante. É obviamente uma obra para incomodar, para fazer refletir e ser um soco no estômago do público. Esplêndido, aconselho muito, mas não é para estômagos fracos ou para quem quer ver alguma "grandeza" na guerra. Para quem acredita na paz...

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo