• hikafigueiredo

"À Beira da Loucura", de John Carpenter, 1994

Filme do dia (77/2018) - "À Beira da Loucura", de John Carpenter, 1994 - Um homem é internado, em um hospital psiquiátrico, sofrendo terríveis alucinações. No entanto, ele garante que não está louco e começa a contar sua aterrorizante história.





Nesse interessante filme de terror de John Carpenter, temos uma simpática homenagem ao universo lovecraftiano. O personagem principal é o investigador de seguros John Trent, o qual assume a tarefa de localizar um famoso escritor de livros de terror que misteriosamente desaparece após terminar uma obra. Ao longo do filme, surgem inúmeras criaturas evidentemente inspiradas naquelas advindas do imaginário de H. P. Lovecraft, o grande mestre do terror, incluindo a mais célebre das criaturas, o apavorante Cthulhu ( <3 <3 <3 ). A narrativa estabelece-se quase totalmente no tempo passado, sendo um grande flash back do personagem principal. A história consegue criar uma atmosfera de suspense e tensão que, progressivamente, vai recrudescendo. Apesar de algumas cenas de sustos, a obra tende mais para o terror psicológico do que para o "jumpscare". Há que se perdoar alguns efeitos especiais nada convincentes, lembrando que o filme é dos anos 90 e ainda não havia as facilidades proporcionadas pelos efeitos digitais. O desfecho me lembrou o primeiro capítulo de uma famosa série atual (mas eu não vou falar qual por conta dos spoilers) e não deixa de criar um climão. Sam Neil pesou a mão no seu personagem em algumas passagens, podia realmente estar melhor. Destaque para uma pequena participação de Charlton Heston. O filme não esconde um só momento a paternidade de John Carpenter, lembrando bastante outras obras do diretor. Ah... não é um filme daqueles que apavora e não nos deixa dormir à noite, mas é razoável e tem o mérito de homenagear o mestre Lovecraft. Amantes do gênero, certamente vão gostar.

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo