• hikafigueiredo

"A Gaiola Dourada", de Ruben Alves, 2012

Filme do dia (97/2015) - "A Gaiola Dourada", de Ruben Alves, 2012 - Maria e José Ribeiro são imigrantes portugueses instalados há trinta anos em Paris. Ela, zeladora do prédio onde moram; ele, mestre de obras. Ambos são extremamente eficientes e com o passar dos anos tornaram-se imprescindíveis em suas funções. Ocorre que José recebe uma herança condicionada ao seu estabelecimento em Portugal, desagradando a todos à sua volta.





Comedinha leve, extremamente simpática, que retrata a vida da colônia portuguesa na França e faz uma crítica, muuuuuito suave, à exploração da mão de obra imigrante. O filme é muito redondinho e passa sem a gente perceber. Apesar da crítica discreta - que poderia ser melhor explorada caso o filme fosse mais voltado ao drama - passa como puro entretenimento. Os personagens são cativantes e é impossível não simpatizar imediatamente com Maria e José, interpretados com competência por Rita Blanco e Joaquim de Almeida. Acabei prevendo o final, mas não comprometeu em nada a obra. Tecnicamente o filme é bem feito, mas não ressalto especialmente nenhuma área. A trilha sonora é repleta de fados e, para quem curte, é um prato cheio. Para quem quer um filme leve e despretensioso.

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo