• hikafigueiredo

"Delicada Relação", de Eytan Fox, 2002

Filme do dia (95/2016) - "Delicada Relação", de Eytan Fox, 2002 - Yossi é um oficial em um acampamento militar na fronteira de Israel com o Líbano. Lior, um dos seus subordinados. Tidos como grandes amigos, na realidade Yossi e Lior formam um apaixonado casal que precisa se manter escondido devido à rígida sociedade israelense.





Nesse média metragem (a obra tem apenas 65 minutos) temos um breve panorama do estigma de ser homossexual em sociedades intolerantes. O filme mostra, ainda, um pouco do dia a dia dos jovens confinados nos acampamentos nas áreas de conflito. A obra é sensível e delicada, mas também triste e angustiante - prepare-se para ficar mal ao fim da história. O filme mescla uma linguagem meio jornalística, com câmera na mão, em movimento, e closes, com uma forma mais tradicional, com um resultado bastante satisfatório. A montagem, da mesma forma, mistura planos mais longos com uma edição mais ágil, entrecortada. A trilha sonora é totalmente dominada por música pop israelense (que não difere de qualquer outra música pop). Os atores que interpretam Yossi (Ohad Knoller) e Lior (Yehuda Levi) são muito carismáticos e a química entre eles é perfeita. O roteiro, linear, é simples, sem grandes rapapés, mas funciona a contento. É uma obra simpática, mas me partiu o coração. Recomendo para quem gosta de temática LGBTI e dramas românticos.

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo