• hikafigueiredo

"O Primeiro Homem", de Damien Chazelle, 2018

Filme do dia (20/2020) - "O Primeiro Homem", de Damien Chazelle, 2018 - EUA, 1961. O piloto Neil Armstrong (Ryan Gosling) faz parte do programa espacial da NASA e é um dos escolhidos para participar de uma ousada empreitada: levar o primeiro homem à lua.





Nesta "meio" biografia - "meio" por acompanhar apenas uma pequena parte da vida do protagonista - temos um filme correto, mas extremamente protocolar. A obra acompanha a trajetória de Armstrong dentro do programa espacial da NASA, de piloto de testes ao comando da Missão Apolo 11, que levou, em 1969, o homem à lua. O ritmo é um pouco lento, mas constante, o tempo é cronológico e seu formato é extremamente tradicional - não espere surpresas ou inovações. Fiquei um tanto incomodada com a imagem que o filme passa do protagonista - apesar de acompanhar os feitos de Armstrong, o filme jamais consegue ultrapassar a superfície do personagem, isto é, não sabemos absolutamente nada do que passa em seu interior (okay, o filme é baseado numa biografia, mas, ninguém que conviveu com ele sabia o que se passava nele? Nada, nem uma dica?). O resultado é um personagem apático, inexpressivo, que aparenta uma frieza inumana. Certamente os fatos narrados são bem interessantes, mas essa falta de informação acerca de Armstrong ficou bem esquisita. O filme conta com efeitos especiais incríveis, tendo conquistado o Oscar de Melhor Efeitos Especiais em 2019. Quanto às interpretações, apesar de adorar o Ryan Gosling, tenho de concordar que o ator não é dos mais expressivos e, neste papel, está com a expressividade de um repolho (mas juro que não me pareceu falta do ator, mas, sim, do roteiro). A obra prendeu a minha atenção, mas não me causou grande impacto emocional - como eu disse, uma filme bem protocolar, muito diferente do visceral "Whiplash" (2014) e do delicado "La La Land" (2016), arrebatadores para mim. É uma obra interessante pelo tema, mas pouco interessante como cinema. Em todo caso, dá para ver sem dormir.

0 visualização0 comentário