• hikafigueiredo

"Pelo Amor e Pela Morte", de Michele Soavi, 1993

Filme do dia (209/2016) - "Pelo Amor e Pela Morte", de Michele Soavi, 1993 - Francesco Dellamorte (Rupert Everett) é o administrador do cemitério de uma pequena cidade italiana. Romântico, ele busca o amor enquanto luta contra mortos que teimam em voltar à vida.





Legítimo exemplar do "terrir", o filme está mais para a comédia de humor negro e non-sense do que para o terror. Francesco protagoniza as mais absurdas e bizarras situações com seus mortos e com as mulheres pelas quais se apaixona (todas representadas por Anna Falchi). Os efeitos especiais são propositalmente toscos, com uma pegada meio "A Morte do Demônio" (o original). A narração em "off" divide-se entre a narrativa dos acontecimentos e filosofia acerca da vida, da morte, do amor e do significado de tudo isso. Rupert Everett combinou bem com o personagem e suas tiradas irônicas e olhar de maluco em construção. Admito que me diverti à beça e recomendo para quem gosta do gênero.

0 visualização0 comentário