• hikafigueiredo

"Sem Amor", de Andrey Zvyagintsev, 2017

Filme do dia (52/2018) - "Sem Amor", de Andrey Zvyagintsev, 2017 - Boris (Alexey Rozin) e Zhenya (Maryana Spivak) estão se divorciando. Entretidos com seus próprios problemas e seus novos companheiros, eles demonstram total descaso com seu filho de 12 anos. Certa noite, durante uma discussão entre os pais, o menino descobre que nenhum dos genitores intenciona ficar com ele após a separação, o que lhe causa profunda dor, que trará uma terrível consequência.





Sabe aqueles filmes que doem de tão tristes? Esse é assim. O fato do menino perceber o total desinteresse dos pais por si é de cortar o coração. Colocando-se no lugar da criança, é possível imaginar o vazio que se abre sob seus pés, a dor de se saber não-amado por aqueles que deveriam dele cuidar e proteger. O que se segue a essa descoberta é ainda pior - a insensibilidade dos pais, seu egoísmo, por vezes se tem a impressão que eles estão até satisfeitos ou, no mínimo, pouco ligando para o destino do filho. A obra é seca, dura, fria, e não permite concessões (exceto uma, o único momento em que a mãe parece sentir realmente a ausência do filho - mas não se engane, isso é bem pontual). A total falta de afeto naquela família salta aos olhos e a frieza entre eles reflete-se no clima gélido da Rússia outonal. O filme, ainda, faz uma crítica feroz aos "viciados em celular", aquelas pessoas que ficam tão absortas em seus aparelhos que se tornam incapazes de perceber o outro ou, mesmo, o mundo aos seu redor. A obra apresenta uma bela fotografia que ressalta o clima do local. As interpretações dos atores principais são ótimas - seus olhares gélidos, suas faces inexpressivas frente à tragédia dão o tom e comprovam o desamor entre os três . Olha, o filme é ótimo, mas triste, triste, triste, prepare-se. PS1 - O título verdadeiro deveria ser "Desamor" e não "Sem Amor", pois o que se vê não é simplesmente a falta de amor dos pais pelo filho, mas quase um "amor negativo", uma negação do afeto... um desamor...

0 visualização0 comentário