• hikafigueiredo

"As 200 Crianças do Dr. Korczak", de Andrzej Wajda, 1990

Filme do dia (206/2016) - "As 200 Crianças do Dr. Korczak", de Andrzej Wajda, 1990 - Polônia, 1939. O Dr. Korczak dirige um orfanato com duzentas crianças, quando o exército alemão invade e ocupa a Polônia. Pouco tempo depois, o governo de ocupação nazista obriga os judeus de Varsóvia a se mudarem para o Gueto - e Korczak também, junto com suas crianças. Durante os três anos que o médico permanecerá no Gueto de Varsóvia, ele fará de tudo para que suas crianças sobrevivam com dignidade.





Filme forte, baseado em fatos reais, mostra um pouco dos horrores da Segunda Guerra, em especial as terríveis condições de vida em que viviam os moradores do Gueto, cercados de doenças, fome e morte por todos os lados. Em meio ao horror, Korczak surge como um homem ético, determinado e honrado, abrindo mão de sua salvação para acompanhar as crianças que estavam sob sua responsabilidade. Não é um filme fácil, mas duro mesmo é assistir as cenas reais do Gueto colocadas na obra. A fotografia P&B, suave, pouco contrastada, faz com que algumas cenas pareçam pinturas em tons de cinza e, em alguns momentos, dá um clima meio onírico à obra. O ator Wojciech Pszoniak interpreta Korczak e consegue transmitir um pouco da serenidade que, sem dúvida, o verdadeiro médico precisava ter para levar toda a situação. O filme é muito bom, tem uma temática necessária e eu recomendo.

0 visualização0 comentário