• hikafigueiredo

"Culpa", de Gustav Möller, 2018

Filme do dia (06/2019) - "Culpa", de Gustav Möller, 2018 - Após ser, temporariamente, afastado de seu trabalho nas ruas, o policial Asger (Jakob Cedergren) é realocado no serviço de atendimento de emergência da polícia dinamarquesa. Uma noite, Asger atende o telefonema de uma mulher noticiando seu sequestro, o que faz com que o policial tenha de correr contra o tempo para salvar a vítima.





Imagine um filme que se passe inteiramente em um único ambiente e cujo protagonista só interaja com outros personagens através de um telefone. Que tédio, não? Não!!!!! Acredite se quiser, este filme pode ser simplesmente excepcional!!!!! Com um roteiro extremamente original e uma direção segura, a obra consegue criar tensão através de imagens que não estão na tela, mas, sim, na imaginação de cada espectador!!!! Ao longo da narrativa, calcada na interação do protagonista com os demais personagens através de um telefone, imagens são sugeridas e a história se passa inteiramente na cabeça do público!!! É incrível, mas como em um livro, cada um que assiste o filme constrói, internamente, as imagens sugestionadas pelos diálogos - e vamos combinar, nossa imaginação dá de dez a zero em qualquer câmera, até mesmo por ser estritamente pessoal!!!! Para chegar nessa capacidade de criar um filme em nossas mentes, a obra apoia-se em dois pilares - uma edição de som fenomenal e a interpretação impecável de Jakob Cedergren. A primeira faz uso de todos os recursos sonoros possíveis - além dos diálogos sugestivos, temos ruídos e silêncios que invadem a história e constroem todo o clima de tensão que "gruda" o espectador na tela!!!! Detalhe: sem o uso de música (sabe aquela musiquinha que nos filmes de suspense aumenta e nos deixa agoniados porque pontua a ação???? Então... aqui não temos isso!!!! Cara... é genial!!!!). Já a atuação de Cedergren não poderia ser mais perfeita - a agonia do personagem é palpável, as inúmeras vezes que Asger suspende a respiração quase nos mata de apneia e a identificação do público com o personagem é total! Lembrando que o personagem/ator interage apenas com UM TELEFONE!!!!! Sério, serinho... é um dos melhores filmes que vi em anos, completamente original, ousadíssimo e BRILHANTE!!!!! Imperdível, prepare-se para muitas emoções!!!!

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo