• hikafigueiredo

"Jumanji: Próxima Fase", de Jake Kasdan, 2019

Filme do dia (25/2020) - "Jumanji: Próxima Fase", de Jake Kasdan, 2019 - Spencer (Alex Wolff), inseguro consigo mesmo, resolve voltar a Jumanji para retomar o avatar do Dr. Bravestone (Dwayne Johnson). Seus amigos Martha (Morgan Turner), Bethany (Madison Iseman) e Fridge (Ser'Darius Blain), ao tomarem conhecimento disto, entram novamente do jogo para resgatá-lo e, juntos, descobrem que terão de enfrentar novos e mortais desafios.



Fã incondicional do primeiro filme (1995), fui positivamente surpreendida pela refilmagem de 2017 ("Jumanji: Bem-vindo à Selva"). Achei que a repaginada, com a substituição do jogo de tabuleiro pelo videogame e das crianças por adolescentes, foi uma bela sacada e trouxe novo gás à narrativa. Tendo isso em mente, resolvi assistir a continuação da refilmagem e o resultado foi que, mesmo sem qualquer novidade ou surpresa, eu me diverti e entrei na história. O filme segue a mesma lógica do anterior e repete as mesmas fórmulas - tem passagens, inclusive, bastante previsíveis - e se não chega a ser horrível, tampouco podemos dizer "Nossa!!! Que filme bom!". Na realidade, a obra é um filme-pipoca para adolescentes que cumpre bem o seu papel - o que, no universo dos filmes de entretenimento, já é bastante coisa. Como era de se esperar, o ritmo da obra é muito ágil, quase frenético, tem bons efeitos especiais, uma trilha sonora bacana e alguns personagens bastante carismáticos (mais no universo de Jumanji do que no "mundo real" - os jovenzinhos da história são bem sem gracinha, com exceção, talvez, do personagem Fridge, por quem nutri uma maior simpatia). Das interpretações, destaque evidente para Dwayne Johnson, Jack Black e Kevin Hart, os três aproveitando muito bem suas veias cômicas. De novidade, a presença de Danny DeVito como o avô Eddie e Danny Glover como Milo, que também exploram seu talento para a comédia. Para quem gosta de bobageira divertida, o filme está na medida. Mas, é filme-pipoca, não espere uma obra-prima da sétima arte, pelamor! Recomendado para quem quer descansar os neurônios, rs!

0 visualização0 comentário