• hikafigueiredo

"A Princesa e o Plebeu", de William Wyler, 1953

Filme do dia (23/2016) - "A Princesa e o Plebeu", de William Wyler, 1953 - A princesa Ann (Audrey Hepburn), em viagem pela Europa, rebela-se contra sua rotina de obrigações e foge, sorrateiramente, do palácio para aproveitar um pouco da vida plebeia. No caminho, conhece Joe Bradley (Gregory Peck), um jornalista que almeja um furo de reportagem.





Bom... o filme é ótimo. Conta com um elenco afiado, uma fotografia P&B maravilhosa, auxiliada pelas belíssimas locações de Roma, um roteiro amarradinho... mas é romance, o gênero que eu menos gosto. Admito que esse gênero me cansa e raramente me sinto absorvida pela história. Assim, apesar dos muitos méritos da obra - que são inegáveis e eu não posso deixar de admitir - lá pelo meio da história me bateu um sono insano. Mas, como sempre digo, sou teimosa e acompanhei (sem dormir) a história inteira e - surpresa - o final do filme é um achado, o que me fez achar o filme ainda melhor. Audrey Hepburn, linda como sempre, está maravilhosa como a princesa Ann, papel que lhe rendeu um Oscar de Melhor Atriz em 1954, bem como um Globo de Ouro. Gregory Peck também está fabuloso (até porque ele sempre foi fabuloso!). E Roma... ah, Roma, minha cidade do coração, brilha no filme mais do que qualquer astro de Hollywood ! O resultado é um filme perfeito e que vai agradar muito aos fãs do gênero, para quem recomendo a obra.

1 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo