• hikafigueiredo

"Aconteceu Naquela Noite", de Frank Capra, 1934

Filme do dia (362/2020) - "Aconteceu Naquela Noite", de Frank Capra, 1934 - A herdeira milionária Ellie Andrews (Claudette Colbert) foge de seu pai para se casar com um playboy. Sem dinheiro, precisa recorrer à ajuda de Peter Warne (Clark Gable), um jornalista de olho em um furo jornalístico, para retornar à Nova York e se encontrar com o noivo. Mas o trajeto poderá lhe trazer surpresas...





Premiadíssimo filme de Frank Capra, a obra é uma deliciosa mistura de comédia romântica com road movie e conta com alguns dos melhores diálogos que me lembro de ter visto... ever!!!! O filme foca na relação conturbada entre a herdeira caprichosa e o jornalista, ambos turrões e orgulhosos tanto quanto rápidos nas respostas ferinas, quase mal-criadas. Apesar de tecer comentários irônicos e tratar Ellie com desdém, fazendo pouco de sua fortuna, Peter é um verdadeiro gentleman, cuidando da mocinha com afinco durante toda a viagem. Já Ellie, apesar de voluntariosa, mostra-se menos mimada do que se poderia supor face à fortuna do pai. A narrativa é linear, bem tradicional e completamente inserida na linguagem cinematográfica hollywoodiana, mas, a anos-luz de cair na mesmice e no lugar comum das produções norte-americanas. O ritmo é ágil para a época, não tanto para os atuais padrões, onde filmes de super-heróis dominam e dão um tom de fórmula um ao cinema, mas certamente agradará quase qualquer público. A atmosfera é divertida, principalmente pelo tom de desafio constante dos diálogos entre os personagens. Frank Capra era genial na sua capacidade de imprimir ritmo, não tanto nas ações, mas nessa troca de frases "rápidas no gatilho". A fotografia P&B mostra-se suave e pouco contrastada, bem ao estilo Hollywood. Fenomenal é a química entre Clark Gable e Claudette Colbert, a gente torce pelo casal desde os primeiros dez minutos de filme. Ambos estão impagáveis, perfeitos, e foram agraciados com o Oscar por suas interpretações. O filme, por sinal, ganhou os cinco principais prêmios no Oscar: Filme, Direção, Roteiro, Ator e Atriz, uma façanha, principalmente por serem todos merecidos. A obra é um colosso por qualquer ângulo que você considere, nasceu clássica de berço. É um filme que eu amo e que eu não me canso de ver. Mais do que recomendado, o filme é obrigatório.

1 visualização0 comentário