• hikafigueiredo

"Frozen 2", Jennifer Lee e Chris Buck, 2019

Filme do dia (01/2020) "Frozen 2", Jennifer Lee e Chris Buck, 2019 - Tudo está bem em Arendell sob o reinado de Elsa. No entanto, um chamado distante angustia a jovem rainha, que parte atrás de respostas na companhia de Anna, Kristoff, Olaf e Sven.





A animação, continuação do sucesso "Frozen", consegue manter o mesmo ritmo e qualidade da obra original. Talvez não alcance o mesmo impacto do primeiro filme, quando a Disney surpreendeu ao deixar em segundo plano o parzinho romântico, dando mais destaque para a relação fraterna entre Elsa e Anna e empoderando as personagens femininas, mas ainda assim vai animar tanto as crianças quanto os adultos que se aventurarem a assisti-lo. Como em "Frozen", há vários trechos cantados, algumas músicas muito boas, mas certamente nenhuma que chegue aos pés de "Let it Go", que, vamos combinar, é excepcionalmente boa, apesar de ter se desgastado pelo excesso de vezes reproduzida em tudo que é lugar. Eeeeerrr... também tem um "número musical", protagonizado pelo personagem Kristoff que chega a ser constrangedor de tããããão bregamente clichê, parece videoclipe dos anos 80 (e arrancou risos da minha filha mais velha). No geral, a obra equilibra bem as passagens dramáticas e as cômicas, assim como as partes com história e os números musicais. Destaque para Olaf fazendo o "resumão" do que aconteceu no primeiro filme - hilário - e para as tentativas de Kristoff de pedir Anna em casamento - igualmente impagáveis. Fui assistir ao filme com os dois pés atrás e me surpreendi bastante com o resultado, foi muito positivo e eu me diverti aos montes. Recomendo para qualquer idade.

1 visualização0 comentário