• hikafigueiredo

"Luzes da Cidade", de Charles Chaplin, 1931

Filme do dia (135/2016) - "Luzes da Cidade", de Charles Chaplin, 1931 - O vagabundo (Charles Chaplin) vaga pela cidade, quando se depara com uma vendedora de flores cega (Virginia Cherrill) e imediatamente se apaixona. Decidido a ajudá-la, o vagabundo busca as mais diversas formas de arranjar algum dinheiro.





Mais uma comédia romântica em que Chaplin esbanja talento e graça, sempre fazendo uso de esquetes cômicos que se juntam para dar corpo à história principal. Considerado um de seus maiores sucessos, foi projetado como filme mudo, mas faz uso de elementos sonoros para efeito cômico, como o discurso no começo do filme (ininteligível mas evidentemente zombeteiro) e a cena do apito (em que o vagabundo engole um apito que toca a cada vez que ele soluça). Apesar de toda a comicidade, o final melancólico é capaz de amolecer o coração mais gelado do mundo. Amei demais e recomendo MUITO (como tudo o que vi dele até hoje!!!!!

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo