• hikafigueiredo

"Macbeth", de Justin Kurzel, 2015

Filme do dia (77/2016) - "Macbeth", de Justin Kurzel, 2015 - Macbeth (Michael Fassbender) luta pelo rei Duncan (David Thewlis), vencendo o inimigo. No campo de batalha, tem uma visão com três bruxas que, posteriormente, vaticinam que ele será coroado rei. Macbeth narra para sua esposa, Lady Macbeth (Marion Cotillard), a profecia e desperta nela a ambição de se tornar rainha.





Obra clássica de Shakespeare, a história foi reproduzida sem invenções por parte do diretor. O texto requintado foi mantido sem alterações e pode cansar um pouco quem não está habituado a narrativas tão buriladas. Evidentemente, a história é perfeita e discorre, primorosamente, acerca de ambição, traição, culpa, loucura, dentre outros. O filme, muito bem feito, tem um capricho visual raro - a fotografia é belíssima e a direção de arte merece destaque. Quanto às interpretações, sou bem suspeita para falar, pois adoro tanto o Fassbender quanto a Cotillard e, na minha opinião, ambos estavam ótimos - ele como o traiçoeiro e enlouquecido Macbeth e ela como a ambiciosa e, depois, estarrecida (quase apavorada) Lady Macbeth. Gostei bastante da obra e recomendo. A tempo: sorry, mas não chega aos pés de "Trono Manchado de Sangue"...

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo