• hikafigueiredo

"Nosferatu - O Vampiro da Noite", de Werner Herzog, 1979

Filme do dia (20/2017) - "Nosferatu - O Vampiro da Noite", de Werner Herzog, 1979 - Jonathan Harker (Bruno Ganz) é enviado para a Transilvânia para tratar de negócios com o Conde Drácula (Klaus Kinski). O jovem não ouve os alertas dos moradores locais e hospeda-se na casa do conde. A visão de uma imagem de Lucy (Isabelle Adjani), esposa de Jonathan, fará com que Drácula a almeje.





Refilmagem do clássico de Murnau, a obra guarda semelhanças e dialoga com o filme original. Neste filme, recupera-se, em parte, muito da linguagem corporal do cinema mudo, o que enriquece a obra. Como no filme original, o clima sombrio, pesado, acompanha toda a narrativa e as imagens chegam a ser, por vezes, perturbadoras e realmente aterrorizantes. As expressões faciais de Klaus Kinski (que já tem cara de maluco sem maquiagem, imagine com) como Drácula e de Isabelle Adjani, como a lindíssima e aterrorizada Lucy, já seriam suficientes para elevar o filme a um novo clássico. Bruno Ganz, que já despontava como um grande ator, também auxilia na construção da narrativa, muito boa. A música lúgubre ajuda a compor o clima de pesadelo. O filme é ótimo, muito, muito, bom, não devendo nada ao original - mais um ponto para o excepcional diretor Herzog e sua dobradinha com Kinski. Gostei demais e recomendo geral.

1 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo