• hikafigueiredo

"Pais & Filhos", de Kore-Eda Hirokazu, 2013

Filme do dia (06/2016) - "Pais & Filhos", de Kore-Eda Hirokazu, 2013 - Ryota é um arquiteto de sucesso que, com sua esposa e seu filho, forma uma família ideal. A harmonia, no entanto, será quebrada quando Ryota descobrir que teve seu filho verdadeiro trocado na maternidade.





Lindíssimo drama japonês que trata das relações entre pais e filhos e como se dão os laços de afeto entre estes. O filme, de delicadeza ímpar, retrata, antes de tudo, a jornada pessoal de Ryota para compreender, não apenas sua história familiar pregressa, mas como pretende estabelecer sua história futura com a família que construiu. Apesar de dar alguns apertos no peito, o filme é suave e pode ser visto por quem não curte dramas pesados. O diretor demonstra a mesma sensibilidade para dramas familiares já apresentada no lindinho "O que eu Mais Desejo". Os atores estão ótimos em seus papéis - o menininho Keita é de uma expressividade comovente e seus olhos parecem engolir a tela. O filme é menos lento que costumam ser os filmes japoneses, mas não esperem o mesmo ritmo de um filme norte-americano. O roteiro é simplesmente perfeito e também de autoria de Kore-Eda. A obra me lembrou "A Partida", tratando do mesmo tema, sob ângulo diferente. O filme é tão bom que ganhou o Prêmio do Júri em Cannes, em 2013. Recomendo com louvor.

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo