• hikafigueiredo

"Perfect Blue", de Satoshi Kon, 1997

Filme do dia (75/2017) - "Perfect Blue", de Satoshi Kon, 1997 - Mima Kirigoe é cantora em um grupo de meninas, mas está largando o conjunto para se dedicar à carreira de atriz. A personagem na série de TV que lhe cabe tem cenas fortes e a imagem que o estúdio exige que ela assuma é mais adulta que a que ela apresentava no grupo juvenil. Paulatinamente, a pressão começa afetar o frágil psicológico de Mima e ela passa a duvidar de sua sanidade.





Nesta incrível animação, temos um excelente thriller de suspense psicológico, onde o diretor mergulha na alma atormentada da personagem, entrando em um complexo labirinto que mistura o real, o sonho e a alucinação. A construção da personagem é bem interessante, pois percebemos nitidamente como as exigências externas influenciam na verdadeira derrocada de Mima e sua descida ao inferno, com o total esfacelamento emocional e psicológico da personagem. Não é uma obra fácil porque é, a cada instante, mais difícil discernir o real do imaginário (na verdade, talvez se tentarmos fazer muito essa distinção, provavelmente encontraremos furos no roteiro - mas quem quer achar algum furo numa obra tãããão legal?). Também não é uma animação para crianças, porque tem cenas fortes de violência e sexo (estupro). Como disse uma querida amiga, é uma obra que "buga" a cabeça da gente. Fato é que é uma animação boa demais e recomendo muito!!!!! PS - foi desta animação que Darren Aronofsky retirou a cena da banheira de "Réquiem para um Sonho" (ele precisou comprar os direitos de imagem da animação para reproduzir a famosa cena em seu filme).

0 visualização0 comentário