• hikafigueiredo

"Procura-se Amy", de Kevin Smith, 1997

Filme do dia (186/2016) - "Procura-se Amy", de Kevin Smith, 1997 - Holden (Ben Affleck) e Banky (Jason Lee) são amigos de infância que, juntos, desenham revistas em quadrinho. Um dia, em uma bienal de HQs, Holden conhece Alyssa (Joey Lauren Adams) e por ela se apaixona. Mas o passado de Alyssa virá assombrar Holden.





Assisti "Dogma" e achei divertidíssimo, motivo pelo qual resolvi arriscar esse outro filme do diretor. Pensei em diversos adjetivos para essa obra - os que mais se aproximaram da minha opinião foram "datado", "preconceituoso", "machista", "superficial", "infantil" e "clichê". Mas o adjetivo predileto para esse filme é "ruim". Sim, eu, que raramente desgosto de um filme, achei "Procura-se Amy" uma grande bosta. Motivos: O filme parece ter sido feito por um adolescente, imaturo, cheio de preconceitos e que tem uma visão limitadíssima de relacionamento e sexo. Por mais que o desfecho aponte para uma posição mais madura acerca dos assuntos tratados, o festival de abobrinhas ao longo da história é simplesmente insuportável. Talvez até seja um filme divertido se você tiver 15 anos - mas, bem, não é o meu caso. Para piorar, o visual datadíssimo dos anos 90, os diálogos rasteiros e, para coroar tudo, a "capacidade interpretativa" de Ben Affleck e Jason Lee nos anos 90 (admito que Ben Affleck melhorou MUITO e está muito bem em "Garota Exemplar", mas aqui, ó, de doer). De boa... foge. Não recomendo nem para os inimigos.

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo