• hikafigueiredo

"Sobrevivente", de Baltasar Kormákur, 2012

Filme do dia (64/2018) - "Sobrevivente", de Baltasar Kormákur, 2012 - Islândia, 1984. Em pleno inverno, um barco pesqueiro islandês naufraga em alto mar. O pescador Gulli (Ólafur Darri Ólafsson), contra todas as expectativas, nada pelas águas geladas no hemisfério norte por mais de seis horas, até chegar à costa, tornando-se o único sobrevivente do naufrágio. O evento chamará a atenção de pesquisadores que tentarão descobrir como um homem comum conseguiu tal façanha.





Baseado num caso real, a obra homenageia todos os pescadores islandeses que, diariamente, arriscam suas vidas nos mares gélidos do norte. Como era de se esperar (até pelo nome, puro spoiler), o filme não surpreende por sua história, mas é interessante pela condução da narrativa, que parte do incidente óbvio (o naufrágio), com consequência ainda mais óbvia (a sobrevivência de um dos tripulantes) para as ocorrências posteriores à tragédia. É uma obra curta, mas sincera nas intenções. Apesar de sabermos o desfecho, ainda assim as cenas do personagem perdido nas águas geladas do Mar do Norte são bem angustiantes. Gostei da construção do personagem Gulli - ele não poderia ser mais comum, sem nada de especial que indicasse sua resistência heróica à tal adversidade. Ólafur Darri Ólafsson se sai muito bem como o apagado, inseguro e tímido pescador alçado, subitamente, a herói nacional. Interessante, mas facilmente esquecível.

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo