• hikafigueiredo

"The Rocky Horror Pictures Show", de Jim Sharman, 1975

Filme do dia (31/2016) - "The Rocky Horror Pictures Show", de Jim Sharman, 1975 - Brad (Barry Bostwick) e Janet (Susan Sarandon) são um casal de namorados que, em uma viagem, acabam perdidos na estrada em uma noite de chuva. O carro do jovem casal quebra e eles se refugiam em um castelo. Lá eles conhecerão o temível Dr. Frank-N-Furter (Tim Curry).





Trash no talo e pai de todos os filmes cult, esse musical consegue ser absurdo, engraçado e sexy ao mesmo tempo. É o top do non-sense e da sacanagem. As músicas são deliciosas, com destaque para "Time Warp" e "Sweet Tranvestite" (eu simplesmente amoooooooo essa última e não canso de ver). As atuações, propositalmente canastronas, com muitas caras e bocas são impagáveis. Tim Curry mitou . Susan Sarandon, novinha, super expressiva, faz uma Janet falsa-santinha e seus gritinhos são hilários. A obra é conhecida por seu público fiel que interage com o filme na tela e já mereceu citação em um sem número de filmes e séries ("Fame", "As Vantagens de ser Invisível", "Glee", etc).O filme ficou quatro anos em cartaz em Londres e, em um cinema de Munique e outro de Nova Iorque, está em cartaz, em sessões da meia -noite, desde o lançamento (!!!!!), detendo o recorde absoluto de permanência em exibição (40 anos!). Recomendo e muito (mas tem que gostar de filme trash e não pode ficar incomodado com as cenas mais picantes).

0 visualização0 comentário