• hikafigueiredo

"Um Domingo Qualquer", de Oliver Stone, 1999

Filme do dia (312/2020) - "Um Domingo Qualquer", de Oliver Stone, 1999 - No meio de uma temporada, o time Miami Sharks vive uma crise: seu capitão, Rooney (Dennis Quaid), está lesionado, o técnico Tony D'Amato (Al Pacino) sem opção de jogadores e a presidente do time, Christina Pagniacci (Cameron Diaz), exercitando toda sua veia tirânica. Quando um novo quarterback, Willie Beamen (Jamie Foxx), começa a se destacar, a tensão nos campos e nos bastidores aumenta vertiginosamente.





Tendo como mote o mundo do futebol americano, comecei a assistir o filme suspeitando de que iria detestá-lo, justamente pela pouca familiaridade que tenho com o esporte. Na primeira meia hora - tempo que durou a cena inicial, situada em uma mesma partida -, a suspeita virou, praticamente, certeza. Mas, surpreendentemente, passada essa meia hora, quando saímos do campo e passamos para os bastidores do esporte, o filme "me fisgou" e, quando me dei conta, estava completamente envolvida com a história. A obra passeia pelos sucessos e fracassos no campo, as disputas nos vestiários, as negociações nos bastidores, as crises pessoais dos jogadores e da equipe técnica e os desmandos e conchavos dos cartolas do esporte - e, aparentemente, os bastidores de todos os esportes são iguais. Tenho de dizer que, ainda que meu conhecimento do esporte seja rudimentar, lá pelo meio do filme estava torcendo pelos jogadores e pelo time - imagino que, para um fã do futebol americano, a obra seja bem mais emocionante. A narrativa é linear, bastante amarrada, flui suuuuper bem e tem um ritmo eletrizante, marcado, quase constantemente, por uma câmera nervosa, com ares jornalísticos. O elenco, de primeiríssima linha, conta com Al Pacino como o técnico com quase trinta anos de casa e meio de saco cheio pelos rumos do time; Cameron Diaz interpreta a presidente do time e revela uma personalidade ditatorial e "mimada"; Dennis Quaid faz o capitão do time, já em fim de carreira, mas ainda "genial"; Jamie Foxx interpreta a estrela em ascensão, na mesma posição que o capitão do time; James Wood e Mathew Modine interpretam os médicos da equipe, com visões completamente diferentes acerca de seu papel face aos jogadores; no elenco de apoio, ainda, Ann-Margret, Aaron Eckhart, Charlton Heston e LL Cool J, além do próprio Oliver Stone como comentarista esportivo. Olha... o filme é bem legal, super agitado e envolvente, mesmo para quem sabe pouquíssimo do esporte. Curti bem, viu, recomendo.

0 visualização0 comentário