• hikafigueiredo

"Vidas ao Vento", de Hayao Miyazaki, 2013

Filme do dia (2015) - "Vidas ao Vento", de Hayao Miyazaki, 2013 - Jiro é um menino fascinado por aviões. Quando Jiro cresce, decide ser designer de aviões. Quando viaja para a universidade, conhece Nanoko e eles se encantam um pelo outro. Nos anos seguintes, o casal viverá um grande amor, enquanto Jiro trabalha em um novo modelo de avião.





Na última animação do mestre Miyazaki, ele mergulha na sua grande paixão, a aviação, contando a história real do engenheiro de aviação Jiro Horikoshi, responsável pela modernização da aviação japonesa na década de 1930. Diferentemente das demais obras do mestre, este filme se passa (quase) completamente no mundo real, não existindo o recorrente mundo fantástico de suas histórias, exceto por algumas incursões aos sonhos de Jiro. Também existe uma óbvia crítica social e à guerra, a segunda presente em algumas outras animações de Miyazaki ("Näusica do Vale do Vento", "A Princesa Mononoke" e "O Castelo no Céu"). O apuro visual deste filme ultrapassa, completamente, qualquer outra animação que eu já tenha visto (com exceção, talvez, de "Akira"). Existem passagens em que o desenho parece uma pintura impressionista; em outras, parece uma fotografia/filmagem. As cores vibrantes, em especial do céu e da natureza, são de deixar o espectador extasiado. A animação é maravilhosa - apesar da história ficar aquém da de "A Viagem de Chihiro". Obrigatória para quem gosta de cinema e, em especial, para fãs do gênero anime e do mestre Miyazaki. (Como que essa animação não ganhou o Oscar???? Como, como, como??????).

1 visualização0 comentário